Teoria da Simplificação

 

 

Teoria da Simplificação


Pois é, todos nós temos o costume; “se dá para complicar, pra quê facilitar?”. Não é assim mesmo? Quando a gente faz uma perícia em obra de arte, o conceito de enxergar o simples é a diretriz empregada. Incrível como o óbvio está a nossa frente e mais incrível ainda que façamos questão de não enxergar. No caso da perícia de autenticidade, coisas extremamente simples conseguem determinar a idade provável de uma peça ou um quadro. Na maioria das vezes, nossa análise foca muito mais a periferia e a parte posterior da obra do que a pintura propriamente dita! O falsário capricha na parte visual, nas cores, pinceladas, assinatura então... melhor que do próprio artista, porém relaxa muito na elaboração das áreas que são a sustentabilidade à obra. Às vezes você pega um quadro perfeito, mas... (sempre aparece esse, mas), quando você olha a lateral do quadro,  percebe que a tela dita do século XVIII foi pregada com taxas azuladas do século XX, o que já é o suficiente para caracterizar a obra como falsa! Simples não é? Mas ninguém olha para esses detalhes que estão presentes e evidentes, nem sempre em segundo plano.  Apenas estamos direcionados a enxergar o que é para ser olhado. Uma vez em uma perícia, peguei um quadro tão, mas tão perfeito que o próprio autor verdadeiro teria orgulho em assinar a obra. Tudo certinho, frente, verso, assinatura, textura... Foi um capricho só! Mas...  não é que o falsário esqueceu de sujar a tela embaixo do chassi! Chassi para quem não sabe é aquela formação de madeira onde a tela é pregada para ficar esticada. Eu olhei por baixo do chassi e estava completamente limpo, pano branquinho branquinho! E dessa forma tambem é nosso dia a dia, em tudo em todos os lugares, se repararmos nos detalhes, tudo fica mais fácil. Desde vírus da internet, até super ofertas em lojas e supermercados.

Tente um dia fazer isso, vai se surpreender, e com o tempo, esse procedimento vira hábito.

Carlos Rielli

 

 

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL , Sudeste , SAO PAULO , PERDIZES , Homem

 
    Visitante número: